A ADORAÇÃO COMO ARMA DE GUERRA

Nesta passagem, essa mulher, que tinha uma vida ilícita e infeliz, conheceu a Jesus, descobriu que Ele era o Messias e, logo depois já foi usada para impactar toda a cidade onde ela morava. Jesus fez questão de ensiná-la acerca da  ADORAÇÃO. Jesus disse algo muito interessante que é revelação de Deus para nós: há uma classe de pessoas que Deus procura!!! E não são os pregadores eloquentes, ou os que praticam boas obras, nem os humildes, os honestos ou os trabalhadores. Deus procura os ADORADORES. A adoração é uma arma poderosíssima na guerra de conquista das promessas em que estamos envolvidos.

COMO ANDAR SOBRE AS ÁGUAS SEM NAUFRAGAR

Introdução: Você é responsável pelas escolhas de sua vida e em a oportunidade de fazer boas escolhas como: amar nossa família, orar, frequentar os cultos e a célula, ajudar os carentes, necessitados e etc., sendo sustentado pelo Espírito Santo ou escolher as coisas que o mundo oferece como: mentira, traição, bebedeira, droga, noitadas, adultério. A escolha é sua! Mateus: 14:22-36

SOMOS FILHOS ESCRAVOS OU FILHOS LIVRES?

Introdução: Para Paulo a Graça de Deus que se manifestou em Cristo é muito superior à lei de Moisés. Paulo é muito franco com os Gálatas e lhes mostra que em Jesus somos filhos de Sara e não de Hagar. Isto é, somos livres e não escravos. Os dois filhos eram Ismael e Isaque. Ismael nasceu como resultado da intriga e intervenção de Abraão. Em contrapartida, Isaque foi dado a Abraão pela promessa de Deus. Gálatas 4:21-31

PARECE, MAS NÃO É

INTRODUÇÃO: Nessa passagem Jesus nos ensina que Ele não está interessado em o que aparentamos ser, mas, realmente no que somos. Ele está interessado que sejamos verdadeiros, autênticos, livres de hipocrisia. Nos ensina também que Ele se aproxima de nós querendo frutos e para isso nos capacitou para frutificarmos em todas as áreas.

Deletando a influência do passado

Será que Paulo tinha um passado que poderia prejudicar o seu futuro? O Apostolo Paulo tinha entendimento, que o passado, exercem uma enorme influência no presente, e na vida das pessoas. Ele mesmo (Paulo), tinha que saber lidar com o próprio passado, pois cometeu diversas atrocidades na vida antes de conhecer a Cristo, inclusive contra servos do Senhor. Não temos como apagar o nosso passado, não temos como voltar ao passado para corrigi-lo, mas, chegou o momento de dar um novo sentido a sua vida. Es que tudo se fez novo.

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese
%d blogueiros gostam disto: