Oração como arma de Guerra

INTRODUÇÃO: Estas foram as palavras de Jesus aos seus discípulos numa das ocasiões em que Ele lhes ensinou acerca da oração. Todo discípulo de Jesus precisa ter o desejo de aprender a orar e, mais do que isso, precisa aprender a usar a oração como uma poderosa ferramenta do seu ministério. Na guerra de conquista em que estamos inseridos, não lutamos contra pessoas (Efésios 6 :12), por isso as nossas armas não são físicas, mas espirituais (II Co 10:3,4). A oração é a mais poderosa arma espiritual que Deus nos deixou.

A ADORAÇÃO COMO ARMA DE GUERRA

Nesta passagem, essa mulher, que tinha uma vida ilícita e infeliz, conheceu a Jesus, descobriu que Ele era o Messias e, logo depois já foi usada para impactar toda a cidade onde ela morava. Jesus fez questão de ensiná-la acerca da  ADORAÇÃO. Jesus disse algo muito interessante que é revelação de Deus para nós: há uma classe de pessoas que Deus procura!!! E não são os pregadores eloquentes, ou os que praticam boas obras, nem os humildes, os honestos ou os trabalhadores. Deus procura os ADORADORES. A adoração é uma arma poderosíssima na guerra de conquista das promessas em que estamos envolvidos.

A ALIANÇA NECESSÁRIA PARA A CONQUISTA

Introdução: A vida com Deus não é, de forma alguma, uma vida livre de problemas. Mas é com certeza, uma vida com propósitos claros e definidos com um futuro promissor. As pessoas que não têm o senhorio de Jesus em suas vidas, vivem como aquele povo, andando em círculos ano após ano, sem uma visão clara do que Deus projetou para as suas vidas. Hoje você vai entender que para conquistar, é preciso decidir andar em ALIANÇA!
Três pontos para andarmos em aliança e conquistarmos as promessas:

COMO ANDAR SOBRE AS ÁGUAS SEM NAUFRAGAR

Introdução: Você é responsável pelas escolhas de sua vida e em a oportunidade de fazer boas escolhas como: amar nossa família, orar, frequentar os cultos e a célula, ajudar os carentes, necessitados e etc., sendo sustentado pelo Espírito Santo ou escolher as coisas que o mundo oferece como: mentira, traição, bebedeira, droga, noitadas, adultério. A escolha é sua! Mateus: 14:22-36

SOMOS FILHOS ESCRAVOS OU FILHOS LIVRES?

Introdução: Para Paulo a Graça de Deus que se manifestou em Cristo é muito superior à lei de Moisés. Paulo é muito franco com os Gálatas e lhes mostra que em Jesus somos filhos de Sara e não de Hagar. Isto é, somos livres e não escravos. Os dois filhos eram Ismael e Isaque. Ismael nasceu como resultado da intriga e intervenção de Abraão. Em contrapartida, Isaque foi dado a Abraão pela promessa de Deus. Gálatas 4:21-31

OS ESCOLHIDOS DE DEUS RECONSTROEM OS SEUS MUROS

ESCOLHIDOS DE DEUS RECONSTROEM OS SEUS MUROS Introdução: Reconstruir muros é importante. Neemias foi usado por Deus, para reconstruir os muros de Jerusalém. NEEMIAS 1:1-11                                                         Algumas lições: 1- Devemos buscar a vontade de Deus e o bem de seu povo. Neemias, extremamente preocupado com o bem-estar dos seus parentes Leia mais…

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese
%d blogueiros gostam disto: