PLURALIDADE DE LIDERANÇA

Vemos em Atos 15 os apóstolos e anciãos reunidos para discutir o que deve esperar dos crentes gentios. Podemos deduzir que muitos dos princípios de seu exemplo.

Em primeiro lugar, podemos ver que não era um “show” de uma pessoa só. Ainda que Pedro e Tiago eram claramente líderes respeitados na equipe, a Bíblia deixa claro que eles se reuniram para decidir como equipe, o que se crê ser uma direção do Senhor. O texto bíblico deixa muito claro que havia uma pluralidade de liderança.

Outro princípio que se pode destacar é a liberdade que todos os membros da equipe tinham de se expressar. Nenhuma vez se teve a impressão que a reunião com a equipe tinha uma agenda previamente planejada, controlada e monopolizada por um par de líderes dominantes.

Em terceiro lugar, os membros da equipe eram líderes responsáveis (apóstolos e anciãos), reconhecidos pela igreja local como pessoas tementes a Deus. Eles, obviamente, criam na importância de estar sempre lutando pela harmonia e unidade no corpo de Cristo.

Pessoalmente, creio que a equipe de liderança deve ter um “Tiago”, um dirigente ou coordenador superior. Creio que a igreja primitiva não praticava 100% a pluralidade horizontal. Entretanto, ao aplicar esse princípio em particular, o líder da equipe sempre deve ouvir o que o Espírito Santo está dizendo por meio dos outros líderes, sempre se esforçando para alcançar um resultado unânime, e dar a liberdade de expressão muito antes de chegar a uma conclusão.

Quando a carta é escrita aos crentes gentios, se afirma que a decisão foi unânime. Esse quinto princípio deve ser sempre a meta da equipe.

O mais importante de todos os “princípios” da equipe de liderança, no entanto, é ser verdadeiramente guiado pelo Espírito Santo. Na carta que os apóstolos e os anciãos de Jerusalém escreveram à igreja primitiva, diz: “Porque o Espírito Santo e nós mesmos resolvemos não pôr nenhuma carga sobre vocês, a ser estas proibições que  são, de fato, necessárias”.

Você pode ver outros princípios da “equipe de liderança” em Atos 15?

Categorias: Artigo

0 comentários

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese