O PERIGO DO ENGANO

INTRODUÇÃO: Jesus os avisou que falsos Cristos se levantariam e enganariam a muitos. Todo discípulo de Jesus precisa vigiar para não ser enganado. O diabo, nosso adversário, é o pai da mentira e, desde o princípio, ele age tentando enganar os filhos de Deus. Nesses tempos de conquista, que Deus nos livre de todo o engano.

 Quais os enganos que devemos fugir? ( II Cor 11:3 )

1)   O engano do coração ( Jer 17: 9)

O coração representa a nossa vontade, nossos desejos, nossos sentimentos. Não podemos deixar que o nosso coração guie a nossa vida. Cuidado com expressões do tipo: “eu não estou sentindo que devo fazer isso” “eu quero ficar onde eu me sinta bem” ou “quando eu sentir no meu coração, então eu farei”. Muitas vezes nosso coração não sente o que Deus sente e, se seguirmos a inclinação dele, vamos pecar contra Deus. A melhor maneira de não ser enganado pelo próprio coração é enchendo a sua vida de Deus. Quando mais de Deus houver em você, mais o seu coração vai estar sintonizado com o coração de Deus.

2)   A lei da semeadura e da colheita (Gálatas 6:7)

As suas palavras e as suas atitudes são sementes. Não se engane! Você vai colher o fruto das suas semeaduras. Muitas pessoas se revoltam com Deus quando colhem coisas ruins nas suas vidas, mas se esquecem que o que lhes acontece nada mais é do que a colheita das suas sementes. O que você tem semeado? Fé? Fidelidade? Atitudes de amor para com seus irmãos em Cristo? Obediência aos princípios de Deus? Pois você colherá as consequências disso. Mas se você tem semeado ingratidão, falta de amor, indiferença para com Deus e para com a sua igreja, desobediência, incredulidade, rebeldia…. não se engane, também haverá uma colheita. É tempo de você semear boas coisas para ter uma colheita abençoada!

3)   O engano da soberba (Tiago 4:13-16) (Josué 9:14)

Tiago denuncia em sua carta: a soberba de não consultar Deus na hora de fazer nossos planos. Tomar atitudes sem consultar o Senhor é um tipo de vanglória maligna e pode nos levar a terríveis enganos. Toda vez que você age sem consultar o Senhor, você corre o risco de ser enganado. É uma atitude de soberba achar que você pode dirigir sua vida, seus negócios, sua família, sem consultar o Senhor. Não é tempo de você ser enganado! Encha seu coração do Espírito de Deus e não dê ouvidos às inclinações da sua carne; semeie boas sementes: vale a pena. Não faça nada sem consultar o Senhor. Coloque cada plano, cada decisão debaixo da aprovação do nosso Deus!

COMPARTILHAR:

1- O pastor ministrou sobre O perigo do engano e falou sobre três tipos de engano. Vamos ver o primeiro. Leia Jeremias 17:9. O coração representa a nossa vontade, nossos desejos, nossos sentimentos. Como você explicaria este versículo com suas próprias palavras?

2- O segundo engano é desconhecer a Lei da semeadura e da colheita. Leia Gálatas 6:7. As suas palavras e as suas atitudes são sementes. Não se engane! Você vai colher o fruto das suas semeaduras. Pensando nisso, faça uma reflexão e compartilhe sobre alguma atitude sua, que precisa ser mudada.

3- O terceiro, é o Engano da soberba. Tomar atitudes sem consultar o Senhor é um tipo de vanglória maligna e pode nos levar a terríveis enganos. Para conquistas duradouras devemos sempre consultar o Senhor. Você sabe esperar a resposta de Deus ou é ansioso(a) e toma atitudes precipitadas? Qual tem sido sua experiência nesta área?

Ore com seus discípulos para que eles sejam livres de todo o engano. Você sabe que há espíritos de engano que agem no mundo espiritual. Fique atento para que seus discípulos não estejam debaixo da influência desses espíritos. Ensine-os a consultar o Senhor em todas as decisões e Deus vai guiá-los no melhor caminho.


0 comentários

pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese